Dropshipping: o que é e como funciona

Tamiris R. Lima 6 min de leitura
pessoa enviando produtos de dropshipping

Se você deseja empreender vendendo produtos online mas não tem capital para investir em estoque, o dropshipping pode ser a resposta que você estava procurando.

Nessa modalidade de vendas, você pode disponibilizar produtos na sua loja virtual sem ter estoque ou mesmo se preocupar com o envio dos produtos, que fica sob responsabilidade do seu fornecedor.

Inclusive, se você costuma fazer compras online, provavelmente já comprou em uma loja que faz dropshipping sem mesmo perceber. Afinal, esse mercado está se tornando cada vez mais popular.

Só para você ter uma ideia, em 2021, 33% das lojas online no mundo já faziam dropshipping. Além disso, a previsão de crescimento da área é de 28,8% até 2025, segundo o E-commerce Brasil

Ou seja, essa pode ser uma ótima oportunidade para quem quer lucrar com um negócio online que poupe tempo e esforço.

E para te ajudar a chegar lá, preparamos este conteúdo para você. Continue lendo para descobrir 👇

Como funciona o dropshipping

Nessa modalidade de vendas, a pessoa que oferta produtos em sua loja virtual atua como “intermediária” no processo de compra. Ela recebe os pedidos de clientes e repassa aos seus fornecedores, que cuidam do envio.

Para que você possa entender melhor como isso funciona, explicamos cada etapa do processo a seguir:

Etapa 1: anúncio dos produtos

Nessa primeira etapa, você cria sua loja virtual e escolhe os produtos que quer vender a partir do catálogo de fornecedores parceiros.

💡 Os fornecedores podem ser fabricantes e distribuidores que se responsabilizam pelo processo de entrega ou então pessoas que oferecem produtos em plataformas próprias para o dropshipping (vamos explicar isso em mais detalhes adiante).

Depois disso, você anuncia os produtos escolhidos na sua loja, importando mídias e informações que compõem a sua descrição.

Etapa 2: recebimento dos pedidos

Uma das pessoas que está navegando pela sua loja decide efetuar a compra de um dos produtos ofertados.

Depois que o pagamento for aprovado, você envia a ordem de compra para o fornecedor do produto em questão.

Isso não demanda nenhuma ação por parte dos clientes. Ou seja, não afeta sua experiência de compra.

E esse processo pode ser automatizado com uma ferramenta adequada, que iremos apresentar mais para frente.

Etapa 3: envio dos produtos

O fornecedor providencia, embala e envia o produto para a pessoa que efetuou a compra. Cabe a você apenas repassar o código de rastreio e manter ela atualizada sobre o status do pedido.

Em caso de troca ou devolução do produto, o fornecedor também fica responsável por todo o processo, enquanto você atua como ponte entre ambas as partes para garantir que tudo corra bem.

Viu como é simples?

Terceirizando as entregas, sobra mais tempo para:

  • Se concentrar na administração da sua loja virtual;
  • Oferecer um atendimento de qualidade aos seus clientes;
  • Desenvolver campanhas de marketing e estratégias de crescimento.

Todos esses são pontos muito importantes para quem quer fazer sucesso vendendo online.

Também é possível começar no dropshipping como pessoa física, apesar de o mais aconselhado ser criar um CNPJ assim que possível para profissionalizar o seu negócio. 

Hoje em dia, isso é facilitado através do MEI, por exemplo. E é o que muitas pessoas têm feito para lucrar como parte desse mercado. 

📹 Confira também:

Por que o dropshipping faz tanto sucesso?

Ok, você já sabe quais são as principais etapas do dropshipping. Mas para além de vender sem estoque, quais são as outras razões que levam tantas pessoas a escolherem o drop ao invés de um e-commerce tradicional? 

Vamos a elas:

Demanda menos custos

No dropshipping, você já começa na vantagem por não ter que arcar com:  

  • Aluguel de um espaço físico;
  • Gastos com confecções;
  • Compra de embalagens;
  • Contratação de transportadoras.

Isso reduz e muito os custos de quem deseja empreender vendendo online.

De acordo com o E-commerce Brasil, com um investimento inicial de R$ 1.000,00 já é possível ingressar nesse mercado, o que o torna tão atrativo.

Oferece variedade de produtos

Sem as restrições de um espaço físico e podendo dispor da parceria de inúmeros fornecedores, as opções de produtos para dropshipping são quase infinitas.

É possível montar um negócio “nichado”, escolhendo apenas produtos de um determinado segmento. Ou então, flexibilizar o seu catálogo de acordo com a sua estratégia de venda. 

Além de poder contar com quantidades maiores de cada produto, conforme a disponibilidade dos seus fornecedores.

Poupa tempo

Poder cuidar de toda a sua operação de onde estiver é outra grande vantagem dessa prática. Afinal, não há necessidade de se deslocar a um local de trabalho específico ou mesmo até os correios.

E como já foi mencionado, esse tempo extra pode ser aproveitado para dar mais atenção à gestão do seu negócio e à experiência de compra que a sua loja virtual oferece.

Isso te ajuda a fidelizar e atrair mais clientes.

botão para criar conta grátis na yampi 1

3 pontos de atenção para quem quer fazer dropshipping

Quando você clicou neste artigo para saber mais sobre esse assunto, já estava dando um primeiro passo muito importante: buscar conhecimento para que o seu negócio possa ser profissional.

Como parte disso, vale se atentar a alguns pontos específicos dessa modalidade de vendas que podem fazer toda a diferença no sucesso do seu empreendimento.

São eles:

1 – Prazo de entrega 

Como grande parte dos fornecedores especializados em dropshipping é internacional, o tempo de entrega dos produtos tende a ser maior. 

Isso é algo que você precisa deixar claro aos seus clientes, para que não haja reclamações ou cancelamentos. 

Sendo assim, verifique com os seus fornecedores o tempo médio de entrega para exibir tanto na política da sua loja quanto na página do produto.

Além disso, repassar o código de rastreio e atualizar seus clientes com mensagens sobre o status do pedido é uma prática essencial.

Isso fortalece a transparência da sua operação e faz com que eles se sintam mais seguros quanto à entrega.

Por fim, esteja sempre disponível para atender clientes e responder às suas dúvidas. Uma dica é criar uma seção de FAQ (perguntas frequentes) para que eles possam consultar.

Dessa forma, você garante que eles fiquem satisfeitos com a experiência que tiveram na sua loja virtual.

2 – Alinhamento com fornecedores

Além dos cuidados com o atendimento ao cliente, é muito importante que você mantenha uma comunicação alinhada com os seus fornecedores. Afinal, eles são peças-chave no processo de dropshipping.

Assim, será possível:

  • Manter seu catálogo e quantidade de produtos atualizados;
  • Entender as diferentes formas e prazos de entrega;
  • Intermediar situações de trocas ou devoluções;
  • Combinar o repasse de valores de cada parte.

3 – Estabelecimento da sua marca no mercado

É comum encontrar produtos similares em lojas diferentes, já que os fornecedores de dropshipping atendem diversos empreendedores.

Sendo assim, criar estratégias que destaquem sua loja virtual das demais é fundamental para conseguir estabelecer sua marca no mercado.

Você pode fazer isso pesquisando a concorrência para ter uma base de como ela atua, oferecendo produtos diferenciados, investindo em campanhas de marketing e criando promoções.

Quanto aos produtos da sua loja virtual, vale conferir quais são os mais buscados em páginas como o Facebook ou o Google Trends, por exemplo.

E lembre de ter sempre em mente o público-alvo do seu negócio. Isso vai te ajudar a definir tanto suas estratégias quanto os seus produtos.

Como encontrar fornecedores de dropshipping

Depois de aprender tudo isso, ainda resta a questão: como encontrar fornecedores de dropshipping?

Os fornecedores desse mercado podem ser tanto nacionais quanto internacionais.

É possível encontrar listas de fornecedores nacionais em fóruns online, páginas do Linkedin e do Facebook. 

Em sua maioria, eles são fabricantes, distribuidores ou atacadistas com os quais você pode propor parcerias e negociar valores.

Já os fornecedores internacionais costumam se concentrar em plataformas específicas para dropshipping, como o AliExpress, o Wiio e o SourcinBox, que conectam mais facilmente empreendedores da área.

De uma forma ou de outra, é indicado seguir algumas orientações para encontrar os melhores fornecedores e produtos para o seu negócio, como:

  • Pesquise bem os fornecedores antes de fechar uma parceria. Em plataformas de drop, compre com aqueles que tenham notas altas, um bom volume de vendas e selos de vendedores premium.
  • Leve em consideração se eles estão vendendo produtos há um tempo razoável, de pelo menos um ano.
  • Na hora de escolher entre um fornecedor e outro, use como critério de desempate quanto cada um cobra pela revenda dos produtos e analise se o lucro vale a pena.
  • Como essa é a parte que não fica sob sua responsabilidade, nunca é demais repetir: pergunte sempre sobre o processo de entrega, como os produtos são enviados e quais são os prazos.
  • E uma dica extra: peça por amostras dos produtos para verificar por conta própria se eles são de fato de qualidade. Assim, você evita riscos de desistência por parte dos seus clientes.

A plataforma ideal para fazer dropshipping

Mas não adianta saber de tudo isso e não poder contar com as ferramentas certas para potencializar o desempenho do seu negócio, não é mesmo?

É aí que entra a Yampi, a plataforma ideal para fazer dropshipping porque facilita cada etapa do processo para você!

Criando sua loja virtual de forma gratuita na Yampi, você consegue configurar, personalizar e importar produtos para começar a vender em pouco tempo.

E não é só isso: a Yampi também oferece integrações totalmente automatizadas com as plataformas AliExpress, Wiio e SourcinBox.

  • No AliExpress, você encontra diversas opções de produtos que podem ser importados diretamente para a sua loja da Yampi via Nimble;
  • O Wiio oferece produtos para revenda com o diferencial de ter alguns preços e prazos de entrega mais atrativos;
  • E o SourcinBox pré-seleciona fornecedores para você e realiza o controle de qualidade dos produtos a serem enviados.

Em todos os casos, você consegue escolher o que deseja vender em sua loja virtual e importar todas as mídias e informações sobre os produtos de forma prática e rápida.

Além disso, quando um pedido é feito, ele é enviado automaticamente ao seu fornecedor, sem que seja necessário o repasse manual de informações da sua parte.

Você também pode fazer dropshipping na Yampi usando apenas o nosso Checkout Transparente, uma solução líder em vendas, em lojas da Shopify, do WooCommerce ou em landing pages.

E por último, mas não menos importante: com a Yampi, você conta com diversos recursos para impulsionar o seu negócio e todo o suporte necessário para te acompanhar ao longo da sua jornada rumo ao sucesso!

botão para criar conta grátis na yampi 2

Hora de colocar seus aprendizados em prática

Agora que você já sabe o que é dropshipping e como essa modalidade de vendas funciona, que tal dar o próximo passo e montar o seu negócio para começar a lucrar em pouco tempo?

A Yampi está aqui para te ajudar com o que você precisar! Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a gente pelas nossas redes sociais, que estão no rodapé do site.

E não se esqueça de continuar acompanhando os nossos conteúdos para ter sempre as melhores dicas de como vender online.

Revolucione suas
vendas online com nossa Loja Virtual completa e o Checkout Transparente que mais vende no Brasil!

Criar conta grátis